Mindfulness e Emagrecimento
03/08/2017
TDAH – Entrevista ao Jornal Tribuna Popular
07/08/2017

Cinco maneiras de lidar com estresse no trabalho

Mesmo que você ame o seu trabalho, haverá dias e momentos em que o estresse poderá causar estragos em você. O estresse é a parte da vida, e definitivamente é uma parte do nosso trabalho diário. Talvez você tenha um grande projeto, ou é final de mês, ou trimestre, ou assumido novas responsabilidades, ou aprendendo um novo papel, e mesmo nas situações positivas, experimentaremos algum estresse no trabalho. Ele acontece e por incrível que pareça pode ser emocionante em níveis saudáveis. No entanto, o estresse deixado sem controle pode levar a sérias consequências físicas, mentais e emocionais. Aqui estão alguns sintomas mais comuns relacionados ao estresse:

Efeitos físicos:
– Dor;
– Tensão muscular;
– Dificuldade para dormir;
– Queda de cabelo em excesso;
– Cansaço demasiado;
– Alergias na pele;
– Gastrite e úlceras;
– Imunidade baixa;
– Dor de cabeça;
– Mudança de apetite;
– Tontura.

Efeitos mentais do estresse
– Problemas de memória;
– Problemas para aprender novas informações;
– Procrastinação e diminuição da motivação;
– Cometer mais erros que o habitual.

Efeitos emocionais do estresse
– Ansiedade, angústia, nervosismo, preocupação em excesso;
– Irritação, medo e impaciência;
– Desorganização e dificuldade de tomar decisões;
– Sensação de perda de controle.

Aqui estão boas notícias sobre o estresse. Precisamos de algum tipo de estresse nas nossas vidas, senão ficaríamos entediados. É preciso cuidar de você dia após dia. Aqui estão cinco maneiras diferentes de aliviar o estresse no trabalho:

1- Chegar ao trabalho preparado
Entre no seu trabalho bem descansado. O sono é essencial, e você simplesmente não está no melhor dia quando está cansado. O próximo passo é manter-se hidratado! Pegue uma garrafa de água e mantenha-a na sua mesa. Tem problema para lembrar de tomar água? Coloque um lembrete no seu celular. Certifique-se que está comendo boa comida ao longo do dia. O que você come no café da manhã? O que você come no café da manhã vai ajudá-lo no período da manhã. E o almoço? O que você come na hora do almoço vai te ajudar no período da tarde. Eu sei que um prato de macarronada é muito bom, mas quando for às 14h30 você estará morrendo de sono. Leve alguns lanches saudáveis para o trabalho.

2 – Afaste-se da sua mesa
Se você trabalhar em casa ou em um escritório, o seu corpo necessita de pausas ao longo do dia. As pausas ajudam a mudar o foco e a atenção. Quando estamos por um período de tempo prolongado debruçado numa tarefa, o mais certo é começar a se sentir perdido, sem conseguir avançar. O cérebro cria uma espécie de habituação e não reage mais com a mesma rapidez. É importante realizar uma pausa para voltar a ter a capacidade otimizada e eficiência.

3 – Analise a sua postura
É fácil passar horas trabalhando na mesa sentado na mesma posição. É importante fazer uma análise do corpo várias vezes para ver se há dores se formando. Na sua mesa, feche os olhos, respire fundo e observe as áreas do seu corpo que chamam à atenção primeiro. Pescoço e ombros? Costas? Estômago? Dor de cabeça? Mude a sua postura, beba mais água, etc.

4 – Priorize as suas prioridades
Como prazos competitivos e prioridades que mudam rapidamente, é fundamental definir o que é mais importante e por quê. Isso exige clareza. É importante entender o seu papel na organização, as prioridades estratégicas da empresa, seus objetivos e pontos fortes pessoais. Avalie a sua lista de tarefas concentrando naquelas que te proporcionarão maiores resultados e estão alinhadas com os seus objetivos.

5 – Seja o seu melhor crítico
A negatividade interna é uma das principais causas de estresse nas pessoas. Ao invés de ser tão duro e crítico consigo mesmo, experimente se apoiar. Os pensamentos encorajadores ajudarão a motivá-lo a alcançar os seus objetivos, até mesmo inspirar outras pessoas.

 

Carolina do Valle O. Marchesi
Coach de Carreira e Executivo

Referências
http://www.minhavida.com.br/bem-estar/listas/22810-10-sintomas-fisicos-do-estresse
Segerstrom & Miller, 2004, Stress psicológico e sistema imunológico humano: um estudo meta-analítico de 30 anos de inquérito
Levy, 2014, como o estresse afeta o cérebro durante a aprendizagem como as disparades, 2014, uma neurociência por trás do estresse e pela aprendizagem
http://lifestyle.sapo.pt/saude/bem-estar/artigos/a-importancia-das-pausas-no-trabalho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *